Desenvolvimento da linguagem: como estimular, atraso, sinais de alerta

criancas

Minha filha mais nova até música cantava ao 18 meses… mas o mais velho nessa idade falava só umas 15-20 palavras. Quase morri de ansiedade, achando que ele tinha algum problema grave. Pesquisei muito e até questionário de autismo preenchi. Eu já lia muitos livros pra ele, cantava músicas, então comecei a desenhar placas com imagens de objetos pra ficar repetindo diversas vezes o nome… Mais uns meses e ele de repente falava tudo. Não cheguei a procurar ajuda especializada.

A variabilidade no desenvolvimento da fala é enorme. Existem várias tabelas que listam as capacidades que a criança deve ter adquirido em cada idade, mas no caso da fala especialmente, elas podem confundir mais do que ajudar. Mais do que nos preocupar se a criança está falando 150, 200 palavras aos dois anos, devemos estar atentos aos possíveis sinais de alerta.

E mais… Fala e linguagem são coisas diferentes. Fala é o ato de se expressar através das palavras, enquanto linguagem inclui todas as formas de se expressar, seja com palavras, gestos, expressões faciais… e de captar as informações que façam sentido. Assim, para uma boa linguagem, além de falar adequadamente é importante ouvir bem, enxergar e ter a inteligência necessária para se comunicar e se exprimir, seja através da fala ou não.
tabela - fala

OBS : Aos 2 anos o vocabulário expressivo mínimo é de 50 palavras com combinações de 2-3 palavras. Metade das crianças com atraso de fala aos 24-30 meses podem apresentar atraso severo entre 3-4 anos.

Um estudo realizado pela University of Western Australia, publicado na revista científica Pediatrics, revelou que crianças com defasagem no vocabulário aos 2 anos não têm riscos de ter problemas emocionais ou de comportamento mais tarde.

Situações capazes de provocar um atraso na linguagem

São mais de 50 causas possíveis. As principais :

  • Problemas da respiratórios (infecções, respiração bucal) e de audição (infecções do ouvido no período de aquisição da fala ou surdez – o teste de triagem auditiva, teste da orelhinha, é gratuito e obrigatório desde 2010)
  • Problemas motores – como freio de língua curto
  • Problemas psicológicos – como carência afetiva e insegurança (crianças emocionalmente imaturas podem não aprender a falar por temer as relações comunicativas, ou talvez, pela dificuldade em encontrar as palavras para expressar seus sentimentos)
  • Transtornos psiquiátricos
  • Pouca estimulação das crianças pelos pais e demais adultos que cuidam (não só o abandono, mas também a superproteção – o excesso de cuidados com a criança também dificultam a aquisição da linguagem, já que os pais tendem a tentar adivinhar o que ela quer, respondendo prontamente a um simples gesto indicativo)
  • Transtornos neurológicos – autismo e alterações neurológicas que afetem a cognição (aprendizado, inteligência, memória)

Alguns tipos de atraso da fala

Atraso Simples de Linguagem
Quando a criança demora a falar ou mantém padrão de linguagem compatível com crianças mais novas, devido a um fator normalmente ambiental (psicológico ou pouco estímulo) ou auditivo/respiratório.

Há boa compreensão do que é dito. Causa ansiedade na criança pela dificuldade em se expressar (pode ocasionar irritabilidade, choro fácil) e dificulta o amadurecimento e desenvolvimento de relações interpessoais. Pode ou não atrapalhar o desenvolvimento da leitura e interpretação de textos. Tende a evoluir com melhora, normalmente com ajuda especializada. Algumas características são: uso de frases simples, mas sem alteração na ordem das palavras, vocabulário reduzido por falta de experiência, trocas na fala, boa compreensão.

Distúrbio Específico de Linguagem (DEL)
Dificuldade em adquirir e desenvolver a linguagem sem causa aparente. Ocorre na ausência de distúrbio mental, físico, sensorial, emocional e fatores ambientais prejudiciais. A criança brinca, interage normalmente, não apresentando alteração no desenvolvimento global. A comunicação não-verbal (mímica facial e gestos) costuma estar intacta.

Trata-se de distúrbio na organização da arquitetura cerebral para o processamento de informações linguísticas. Presente em 3 a 10 % da população, acometendo mais meninos que meninas. 90 % dessas crianças apresentarão algum tipo de problema com a leitura.

Há grandes variações, de forma que a criança pode apresentar: fala basicamente com monossílabos (pouca memória para uma seqüência de sons), dificuldade na produção dos fonemas, frases desestruturadas e/ou construídas na ordem inversa, vocabulário reduzido, trocas na fala.

Atraso Global da Linguagem
A criança demora a falar e há dificuldade na compreensão. Alterações comportamentais estão presentes, bem como desinteresse, falta de curiosidade, baixa interação social. É o caso do autismo, Asperger, síndrome do déficit de atenção e hiperatividade, paralisia cerebral, etc.

Quando procurar especialista – OS SINAIS DE ALERTA

Em qualquer idade:

  • Crianças que não reagem aos sons ou que não balbuciam ou produzem sons com com a voz

Entre 1 e 2 anos de idade:

  • Dificuldade de compreender frases ou solicitações verbais
  • Não tenta imitar sons ou palavras
  • Não usa gestos simbólicos (ex : adeus)
  • Não aponta objetos
  • Não entende instruções simples

Após os 2 anos:

  • Não produz palavras espontaneamente, não combina palavras
  • Não imita palavras ou ações
  • Repete palavras sem um bom sentido para a comunicação
  • Tom de voz anormal ou anasalado
  • Não compreende a função dos objetos (ex : telefone, escova, etc)


Como estimular a fala

  • Fale com o bebê, aponte os objetos, anuncie o que vai fazer
  • Use vários tons de voz, de alegria, surpresa, etc
  • Cante músicas
  • Conte histórias e poesias

Trecho da reportagem da Revista Crescer – muito bacana, vale a leitura:
“Uma pesquisa realizada na Universidade de Chicago (EUA) provou que ações não-verbais podem ser tão importantes quanto o bate-papo para melhorar esse aprendizado. Por exemplo, o ato de apontar para um livro enquanto se diz “a mamãe vai pegar um livro” facilita a memorização dessa palavra.”

livros
Comprar em: Saraiva
Alguns exemplos de livros para bebês

 

de pano
Comprar em: Elo7
Modelos com textura e de pano

rimas
Comprar em: Saraiva
Jogo Trio de Rimas : cartas com figuras para as crianças encontrarem as rima
(aprimora a consciência fonológica)
luva
Luva fantoche para bebê – Comprar em: Americanas

dedoche
Dedoches para crianças maiores – Comprar em: Elo7
 

 

Deixe o seu comentário!

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.