Banho passo-a-passo

bebes

O banho, além de ser uma prática necessária para manter a higiene, é muito prazeroso e melhora o vínculo do bebê com os pais.

A frequência do banho, no entanto, está ligada a cultura. O banho do bebê que ainda não engatinha deve ser dado 2-3X por semana no mínimo. No Brasil damos, em geral, banho diário, sobretudo nos dias quentes.

O banho deve ser de no máximo 5-10 minutos, evitando o uso de substâncias que removam a camada lipídica da pele e que alterem substancialmente o pH da superfície cutânea. Sabonetes devem ser líquidos e com pH ácido como o da pele. O pH ácido confere proteção contra a penetração de microorganismos. Veja post a respeito dos sabonetes aqui.

Preferir local seguro, como a banheira, com pouca água, que não deve ultrapassar a altura do quadril (5cm mais ou menos). A imersão em banheira, além de mais segura em relação ao chuveiro, é mais relaxante e minimiza a perda de calor. Mas não há diferença quanto ao grau de limpeza ou proteção da pele.

Existem espumas, almofadas e redes de banheira, como a que usei na foto abaixo, com a finalidade de tornar o momento mais seguro. Quando não estamos com ajuda de mais ninguém ela nos dá mais liberdade de ação…

Brinquedos, esponjas, redes e todo material usado na banheira são sujeitos a contaminação e devem ser limpos periodicamente.

Passo-a-passo

  • 1º. Separar o material: banheira, água morna (37 a 38º.C – no meu primeiro filho usei um termômetro com medo de errar a medida, mas você pode testar a temperatura no seu antebraço se quiser), sabonete (de preferência líquido, que é mais higiênico – a barra fica contaminada no ambiente úmido do banheiro), toalha macia (veja dicas no post Comentando o Enxoval: Para o Banho e Preventivos), as roupas, fralda, pomada de assadura e material para higiene do coto (cotonete ou gaze, álcool 70 %). O uso da água filtrada e/ou fervida é recomendado pelo menos até cair o coto umbilical. Depois de cair o coto, a água filtrada é mais segura em caso do bebê engolí-la acidentalmente, mas não é obrigatória. O uso de shampoo não é geralmente recomendado.
  • 2º. Iniciar o banho pela face, couro cabeludo, a seguir o restante do corpo, deixando por último a genitália e o bumbum. Enquanto lavamos a face, o corpo do bebê pode ficar envolto em um cueiro ou toalha para mantê-lo aquecido. Cuidado com os ouvidos: você pode tampá-los com os seu dedos quando for jogar a água.
  • 3º. Enxugar da face para o restante do corpo, tendo cuidado para deixar secas as dobrinhas!
  • 4º. Limpar o coto com cotonete/gaze e álcool 70 %, conforme descrito na troca de fraldas.
  • 5º. Passar a pomada de assadura (veja dicas no post Troca de fraldas) e vestir o bebê.

OBS: O banho deve ser evitado nas 24h após nascimento para não remover o vernix caseoso. O vernix é aquele material cremoso branco que reveste o corpo do recém-nascido logo que ele nasce, apresenta muitas funções, como prevenção da perda de água, regulação da temperatura e manutenção da imunidade.

VÍDEO TUTORIAL

Revista Crescer

Facilitadores

Seguem os itens descritos na lista de enxoval que facilitam a hora do banho:

Rede para banheira de bebê
Rede de Proteção – Comprar em: Mercado Livre

 

Espuma anti-derrapante
Espuma anti-derrapante – Comprar em: Mercado Livre

 

Almofada Baby Pil
Almofada Baby Pil – Comprar em: BabyPil

 

Fraldas: tipos, troca, prevenção de assaduras

bebes

A primeira evacuação do recém-nascido é de cor escura – o mecônio. Assim que a amamentação inicia, as fezes vão mudando de coloração até ficarem amareladas ou castanho-esverdeadas por volta do quarto ou quinto dia. Elas costumam ser líquidas a pastosas, podendo variar, e a freqüência varia de 5 a 8 vezes por dia, mais ou menos.

Nos primeiros dias de vida a urina do bebê pode conter cristais de urato, que deixam a urina rósea na fralda. Aos poucos ela assume a coloração normal, de cor clara quando o bebê mama bem e está bem hidratado.

As fezes e a urina irritam a pele sensível do bebê, podendo causar dermatite quando acumulada por muito tempo. A troca de fraldas deve ocorrer sempre que houver acumulado urina e sempre que houver presença de fezes. Deve ser aplicado um bom produto para prevenir assadura.

Pomadas preventivas para assaduras

Os cremes de barreira visam reduzir o contato da pele do bebê com substâncias irritantes, principalmente as fezes e urina. Suas fórmulas são geralmente emulsões de água em óleo, deixando, com isso, a pele oleosa.

Quando são enriquecidas com óxido de zinco, as pomadas para assaduras deixam a pele bem branquinha, diferente daquelas que desaparecem após aplicadas. Isso porque apesar de menos cheirosas elas deixam uma grossa camada que faz um melhor bloqueio mecânico ao contato da pele com as fezes e urina.

Dermatologistas costumam recomendar o Cetrilan, da Theraskin ou o creme da Mustela. Quando a assadura está em estágio inicial às vezes basta aplicar um deles em boa quantidade várias vezes no dia pra resolver.

O uso de talcos é desaconselhável porque há o risco de inalação do pó pelo bebê, além do maior risco de infecção fúngica.pomadas

 

Lenços umedecidos

Os lenços umedecidos são feitos de uma parte de “tecido” e outra de solução de limpeza que molha o “tecido”.

A parte de “tecido” na verdade é uma tecnologia chamada de não-tecido porque é feita de uma forma diferente do tecido tradicional. Os lenços umedecidos mais finos têm as fibras aglutinadas com agentes químicos adesivos, enquanto os mais grossos têm as fibras entrelaçadas, por exemplo, por jatos de água. Esses últimos, mais grossos, têm vantagem de não terem agentes químicos na sua composição.

Existem no mercado atualmente produtos com essa fibra grossa, entrelaçada, umedecida em substratos que prometem ser quase tão suaves quanto água.

No dia-a-dia, o ideal é limpar a pele do bebê com algodão e água morna ou lavar na banheira ou pia. Lenços podem ser reservados para usar apenas quando na rua. Isso porque qualquer um deles pode deixar a pele mais irritada e aumentar o risco de assadura.

Algumas marcas de lenços umedecidos possuem um conservante chamado metilisotiazolinona que tem sido apontado como um dos causadores das dermatites da região de fralda do bebê. Há duas marcas com mais baixo índice alergênico e por isso seriam mais indicadas segundo os dermatologistas: Pampers sensitive e os lenços da Mustela.
lencos

Há também um fluido da Mustela (PhysiObébé) que serve para limpeza da face e do corpo e bubum, substituindo inclusive o banho. Às vezes passamos o dia na rua e ele pode ser usado para substituir um segundo banho, deixando a pele bem hidratada e limpinha.
Physiobébé

Fraldas

Fralda de pano ou descartável ? A de pano é ecologicamente correta – afinal são, 400, 600 anos para um afalada descartável ser decomposta no ambiente. A desvantagem do pano – além da óbvia falta de praticidade – é que ele aumenta o contato da urina e fezes com a pele podendo aumentar com isso o risco de irritações e candidíase. Em contrapartida a fralda descartável pode gerar também dermatite de contato, como uma alergia ao tecido sintético do qual é feita. Há uma terceira opção, mais cara e ecologicamente correta: coloque no Google fraldas biodegradáveis e aparecerão opções para compra online e até para organizar um chá de fraldas com esse tipo de fralda. A idéia é bem bacana. Nunca experimentei esse tipo de fralda, mas já vi relatos de que elas vazam com facilidade. De qualquer forma, acho um investimento super justo.

Para fraldas biodegradáveis, veja uma opção no site Wiona.

Pra quem gostar das de pano, veja que graça as disponíveis em Fraldas di Pano.

Quem for usar as descartáveis, como eu, pode ver o teste das fraldas feito pelo PROTESTE, avaliando algumas marcas. As preferidas da maioria das mães são: Pampers Premium Care, Parents Choice e MamyPoko.

Em dias quentes, usava muito o tapa-fraldas, como na foto abaixo.

Comprar em: Elo7

VÍDEO: COMO TROCAR AS FRALDAS

Veja no site da Revista Crescer

COTO UMBILICAL

Ele deve ser limpo após o banho e a cada troca de fraldas se ele fica úmido pelo contato com a urina. Usar gaze ou cotonete com álcool 70 %, limpar a base com movimentos circulares e depois o restante. Deixar sempre seco, de preferência sem abafar com a fralda ou a roupa. A queda ocorre normalmente entre o quarto e o vigésimo dia, sem necessidade de qualquer intervenção

CALCULADORA PARA CHÁ DE FRALDAS

Encontrei algumas calculadoras que se baseiam em uma média de fraldas usadas pelos bebês. Mas a verdade é que não gostei de nenhuma. A tarefa é difícil porque não há como prever o peso que do bebê que vai nascer, nem a quantidade de fraldas dada pelo convidado do chá. E as faixas de peso das fraldas também variam de acordo com as marcas.

Para facilitar, vou considerar as faixas de peso da Huggies e a quantidade de 20 unidades para fraldas RN e 30 para o restante. Fica assim:

  • 0-1 mês = Fralda RN (2-4,5Kg): gastam em média 8/dia (usa-se pouco, em geral com um mês de vida o bebê cabe na fralda P) = 240 fraldas ou 12 pacotes
  • 2-3 meses = Fralda P (4-8Kg): 8/dia = 480 fraldas ou 16 pacotes
  • 4-8 meses = Fralda M (5-9Kg): 6/dia = 960 fraldas ou 32 pacotes
  • 9-18 meses = Falda G (9-12Kg): 5/dia = 1500 fraldas ou 50 pacotes
  • 18-24 meses = Fralda XG (mais de 12Kg): 5/dia = 1050 fraldas ou 35 pacotes

Pra facilitar, pode-se pedir no chá somente fraldas M e G para os convidados. E, de repente, pedir P para os familiares próximos…

Banho de sol

bebes

Para fabricar vitamina D o bebê precisa do contato direto com os raios ultravioletas. Sua deficiência pode provocar o raquitismo, doença decorrente da mineralização inadequada do osso em crescimento – a chamada fraqueza dos ossos.

Apesar do nosso país tropical, devido ao uso frequente de protetores solares e ao comportamento cada vez mais recluso das pessoas, a incidência do raquitismo têm aumentado. Bem como osteopenia e osteoporose nos adultos. Cada vez menos pessoas se preocupam com a necessidade de contato direto com o sol.

Todo bebê precisa de banho de sol, mas seguindo algumas recomendações.

Recomendações

A recomendação é que todos os dias desde a alta da maternidade o bebê fique em contato com o sol por:

  • 5 a 10 minutos em todo o corpo, usando apenas de fralda ou
  • 30 minutos de roupa, expondo apenas nos braços e pernas

De preferência entre 7 e 10h da manhã. Evitando entre 10 e 15h.

Há estudos atuais mostrando que exposição 6-8 minutos/dia 3x/semana ou 30 minutos semanais no corpo todo ou 17 minutos/dia ou 2 horas semanais caso estejam usando roupa são suficientes para manter uma adequada concentração sanguínea de vitamina D.

Nos dias muito frios o bebê pode ser levado de roupa e manta pro sol. Elas podem ir sendo retiradas aos poucos conforme o bebê vai se aquecendo.

Atentar para passeios prolongados e fora do horário seguro. Nesses casos, manter o bebê na sombra e colocar filtro solar a partir dos 6 meses. O uso de filtro solar não é permitido até os 6 meses de idade. Usar chapéu ajuda a proteger a face.

No caso de passeios à praia, optar por roupa com proteção UV. E manter as recomendações acima. Veja post 10 Itens para viagem a praia e piscina com dicas de produtos como boias e roupas.

Aquisições

Chapéu para banho de sol de bebê
Chapéu para bebê – Comprar em: Elo7

 

Tapa-fraldas para banho de sol de bebê
Tapa Fraldas – Comprar em: Elo7

 

Comentando o Enxoval: para os cuidados com a mamãe e o bebê

bebes

Segue liste de enxolval para mamãe, bebê e outros, comentada, conforme sequência sobre enxoval.

SUTIÃS DE AMAMENTAÇÃO

É possível usar qualquer um com um fecho frontal ou de tecido maleável, que dê para afastar sem ter que retirar, mas os próprios para amamentação facilitam muito na prática. Procure aqueles com alça larga para boa sustentação e nunca deixe ele apertado porque o leite pode “empedrar”.

POMADA PARA FISSURA

Converse com seu obstetra e/ou dermatologista. Os mais usados são a base de lanolina, mas ela é grande provocadora de alergia no bico do seio. Preferi o Cicaplast que funciona como um cicatrizante sem esse risco de dermatite.cicaplast-baume-b5-tsw-png

ABSORVENTES DE SEIOS

Protetores de pano e espuma não são recomendados por acumular umidade e  aumentar o risco de infecção no bico. Há marcas de protetores absorventes descartáveis à venda e são uma boa opção. A finalidade é conter os vazamentos em público.
7278199gg

Os absorventes laváveis são também excelentes. São mais confortáveis e podem ser lavados e reaproveitados. Esses abaixo são da Avent, com revestimento de algodão com renda. Possuem uma camada interna que absorve a umidade da pele e a mantêm sob o forro à prova de vazamento. O ideal é trocar ao longo do dia, tão logo fique cheio de leite.

COLETORES DE LEITE

Recolhem o leite após o término da mamada, ajudando o seio a não “empedrar” e mantendo a roupa limpa e o mamilo ventilado. Deve ser esvaziado quando cheio e o leite pode ser congelado se ficou pouco tempo em temperatura ambiente.

milk_collection_shells

ALMOFADA PARA AMAMENTAÇÃO

Aquela em formato especial, em “U”, para o colo da mãe, proporcionando uma posição mais cômoda. Pode ser bem menos cansativo amamentar assim. As almofadas mais macias costumam acomodar melhor o bebê.

Almofada para amamentação – comprar em
Elo7

BOMBA DE LEITE

De preferência manual, que machuca menos e serve para retirar o excesso de leite e também para armazená-lo.

Veja post a respeito: Extraindo leite materno.

ÓLEO PARA O BEBÊ

O ideal é o sem cheiro, que é menos alergênico, como o Óleo Puro da Johnson e o Huile de massage da Mustela. Pode ser usado em uma massagem ou gotejando um pouco na água do banho, de forma a prevenir o ressecamento da pele do bebê.
mustela-bebe-huile-de-massage-oleo-de-massagem-100ml-9736

HIDRATANTE

Principalmente para os dias secos e após os banhos quentes. O da marca Mistela (Hydra Bebè) tem propriedades reparadoras da barreira cutânea, efeito de hidratação prolongada e baixo índice de alergenicidade. Veja mais no post sobre sabonetes e hidratantes para bebê.

1212_bebe_3

MAMADEIRAS

Podemos ter pelo menos uma guardada para o caso de uma emergência noturna, um fim de semana, etc. Repare se o bico é ortodôntico, de silicone, próprio para recém-nascidos e para leite. Veja post Mamadeira: qual, como e até quando usar.

AQUECEDOR DE MAMADEIRAS

Pode ser muito útil em viagens e em casas de dois andares, por exemplo. Há o aquecedor instantâneo da NUK, bom para deixar na bolsa e usar em emergências. É feito de gel e aquece instantaneamente, requerendo ser fervido antes de uma nova utilização para o gel voltar ao normal.


ESCORREDOR PARA MAMADEIRAS

Dispensável, pode deixar secar sobre um pano ou no esterilizador de microondas. Há alguns bem bonitinhos, como o escorrendor grama (Grass) e o Chicco, abaixo.

galeria-de-fotos-mx__24535_zoom
Escorredor Chicco – Comprar em: MercadoLivre
escorredor-grama-boon_zo
Escorredor Grass – Comprar em: MercadoLivre

ESCOVA PARA HIGIENE DAS MAMADEIRAS

Essencial, essa abaixo da Sassy é bem bacana porque são de cerdas de silicone que não arranham o plástico da mamadeira, além de ter escovinha embutida para limpeza dos bicos.

nao-testei-mas-legal
Escova Sassy anti risco para higiene da mamadeira – Comprar em: Loja do Bebê

ESTERILIZADOR DE MAMADEIRAS

avent
Esterilizador Avent – Comprar em: Americanas

Na verdade basta ferver 5 min em panela inox ou de ágata que a mamadeira e chupeta estarão esterilizadas. O esterilizador de microondas da Avent é o mais compacto e a única marca que cabe em microondas muito pequenos. Antes de comprar confira das medidas.

CHUPETAS DE SILICONE

Ítem polêmico. Antes de ser mãe eu era totalmente contra devido ao possível risco de desmame precoce e de alteração anatômica da cavidade oral. Mas me converti a adoradora das chupetas no segundo mês de vida do meu primeiro filho. Santa chupeta…

Li atualmente um artigo que desmente o risco de desmame precoce pela chupeta. O ideal é que ela seja retirada antes de dois anos de idade para evitar alterações na cavidade oral e dificultar o desenvolvimento da fala, por exemplo. Veja mais informações no post Chupetas: introdução e retirada.

PORTA-CHUPETAS

Há vários bem estilosos. Os melhores são os de zíper, como esse da Fischer-Price, que não abre com facilidade. Há chupetas que já vem com protetores e eram essas que eu comprava, então o porta-chupetas teve pouco uso. Só compraria depois de saber se o bebê vai se adaptar à chupeta.fisher-price-porta-chupetas-vermelho-fisher-price-0213-15474-1

PRENDEDOR DE CHUPETA

Evita que ela caia no chão – há alguns bonitinhos da marca MAM com velcro na ponta que têm o plástico removível e se encaixam em qualquer marca de chupeta. Só compraria depois de saber se o bebê vai se adaptar à chupeta.

prendedor-chupeta-mam-boys-5946-super3

122485077g1

BABÁ ELETRÔNICA

Muito boa pra levar para o nosso banho, cozinha, varanda, para ver televisão despreocupada…

LIVRO DO BEBÊ

Pra anotar dados sobre o nascimento e desenvolvimento do bebê e para as visitas deixarem suas mensagens

VAPORIZADOR

Para os dias secos e quando o bebê ficar com sintomas respiratórios

 

Não recomendados

BICO DE SILICONE: produto feito pra se ajustar à nossa mama no caso de mamilo plano o da presença de fissuras. Não são recomendados pela Sociedade Brasileira de Pediatria. Não há comprovação de que sejam seguros nem que garantam produção adequada de leite, além da adaptação do bebê ao bico ser bem difícil. 

CURATIVO EM GEL (Mamare): não são recomendados porque mantém a área úmida aumentando o risco de infecção.

Leia mais sobre bico de silicone e curativo em gel no site Conversando com o Pediatra.

Comentando o Enxoval: para os passeios

bebes

Segue lista de enxoval comentada tópico a tópico, agora com os itens para passeios com o bebê :

CARRINHO

No início é normal que queiramos um que seja como um segundo berço, super confortável. Mas com o tempo ele vai se tornando grande e pesado demais. Tente procurar os mais leves, com bom recline, que comprovem mais peso pra uso por mais tempo, que ajuste a altura da alça e tenha porta-treco removível.

BEBÊ CONFORTO

De 0-13Kg. Já existem cadeirinhas de automóvel que vão de 0 até 25 ou mesmo 36Kg. Comprei um desses e achei ótimo. Não saem do carro para transporte do bebê dormindo ou para uso dentro do carrinho como o bebê conforto, mas podem ser usados por mais tempo. O bebê conforto pode ser mais prático no início, mas no meu caso não funcionou bem porque os pequenos não dormiam bem nele. Procure a certificação do INMETRO. Veja os melhores avaliados pelo INMETRO no post de cadeirinhas para carro.

APOIO PRA CABEÇA

Para usar no carrinho ou no bebê-conforto – feito de tecido, acomoda de forma segura a cabeça do bebê. Na verdade qualquer paninho ou almofadinha serve, quase não usei isso.

4892493162572g1
Comprar em: Elo7

1-3 BOLSAS

Pequena, média e grande. A pequena normalmente é térmica para conservar a mamadeira e papinha. A média é para transporte dos utensílios do bebê e se transforma na nova bolsa da mamãe. A maior é a mala da maternidade e para viagens. Sinceramente, uma boa bolsa para o dia a dia, com trocador, é a única coisa realmente imprescindível.

3f89d3c2759aed3603c97fcbabe7a27e07553b17
Bolsa maternidade Kipling – Comprar em: Kipling

SACO PARA ROUPA SUJA

Com interior impermeável, para transportar dentro da bolsa e colocar a roupa suja (de vazamentos de xixi, comida)…

COLCHÃO DE CARRINHO

Torna o carrinho mais confortável pro bebê dormir, mas é dispensável, uma manta fofinha resolve.

PROTETOR DE CARRINHO

Ccolchoado e com elástico, para ficar sobre o colchão e permitir que seja lavado e trocado periodicamente.

3 JOGOS DE LENÇOIS DE CARRINHO

Vão acima disso tudo, permitindo a troca diária (dispensáveis porque os cueiros e mantas acabam sendo usados pra esse fim).

MOSQUITEIRO DE CARRINHO

Para os passeios de fim de tarde e viagens, com elástico que prende ao redor do carrinho e/ou bebê conforto.

CANGURU E SLING

Muito bacanas, apoio muito o uso – veja post Cangurus e slings.

Comentando o Enxoval: Para o Berço e o Quarto

bebes

Seguindo a sequência de posts comentando o enxoval do bebê… Essa é a lista dos itens para quarto e berço, incluindo o que não recomendo, explicando caso a caso. Recomendo a leitura do post Casa e Quarto Montessoriano e Organizadores de guarda-roupa e brinquedos, com idéias que ajudam na decoração do quarto e no desenvolvimento do bebê.

BERÇO

Com espaço entre as grades de até 6cm. Tamanho padrão de 130x60cm e americano de 130x70cm. Há berços com telas no lugar de grades (vantagem estética e dispensa protetor de berço sem risco da perna do bebê ficar presa na grade / desvantagem de acumular poeira e exigir limpeza periódica, além de poder danificar e ficar com furos e manchas e dificultar na hora de prender brinquedos).

MOISÉS

Tipo de cesto em tecido, material sintético ou madeira que serve como berço portátil. Experimentei a Cadeira de Balanço 3 em 1 da Rocker-Napper que tem a função de moisés. Ela serviu de berço por uns 3 meses. Depois se transformou em cadeira de balanço. Ela vibra, fica fixa ou balança e reclina (bom para o bebê com refluxo). Esse modelo e o Berço Side by Side da Safety First podem ser encontrados em lojas de departamentos, como Americanas, Submarino e Shoptime. Há também modelos de madeira que acoplam na cama do casal e facilitam muito a rotina dos primeiros meses – veja opções econômicas no Mercado Livre.

CÔMODA

Não é essencial, mas as gavetas facilitam a arrumação (todas as roupinhas do bebê cabem facilmente em uma cômoda).

ARMÁRIO

serve pra não só pra roupas, mas também pra milhares de fraldas descartáveis, brinquedos e utensílios de bebê que você vai precisar.

TROCADOR

Graças a sua altura elevada, facilita muito a troca de fraldas e roupas, podendo ser acoplado ao berço ou na cômoda.  Evitar deixar encostado em uma janela, sobretudo se ela não tem rede de proteção.

ABAJUR

Com luz fraca, ajuda muito na madrugada, pra ver o rostinho do bebê. Pode ser em tons de azul ou lilás, por exemplo. Luminárias noturnas para tomada de LED são boas e dispensam abajur.

POLTRONA PARA AMAMENTAÇÃO

Facilita muito a amamentação, conferindo maior mobilidade (algumas balançam e giram) e permitindo o apoio dos braços e e eventualmente dos pés, afinal serão muitas horas na mesma posição.

1-2 COBERTORES E/OU EDREDONS

Opcionais porque em dias mais frios é melhor e mais seguro o bebê dormir com roupa quentinha e manta – veja como fazer um charutinho para o bebê no post sobre o choro.

1-2 COLCHAS

Dispensáveis, exceto para cobrir o colchão.

TRAVESSEIRO

Dispensável – bebês não precisam de travesseiro, mas se for usar compre um bem fininho, de preferência anti-sufocante, que tem a superfície irregular.

1-2 DÚZIAS DE FRALDAS DE PANO

Na prática qualquer fralda serve, mas no mercado há pelo menos dois tipos – fraldas de boca (pequenas e usadas para limpar a baba) e de ombro (maiores e usadas, por exemplo, para apoiar o bebê na hora dele arrotar, protegendo das golfadas).

3-5 JOGOS DE LENÇOL DE BERÇO

Lençol sem elástico (dispensáveis) + lençol com elástico + fronha (caso use travesseiro).

2-4 FRONHAS AVULSAS

Caso use travesseiro.

4-6 CUEIROS

Mais grosso que uma fralda e mais fina que uma manta, de malha ou flanela, é aquele pano maior comia e uma utilidades (enrolar o bebê, usar de fralda de ombro, cobrir o rosto do bebê na rua quando dormir no colo ou for mamar, forrar o sofá, etc).

KIT BERÇO

Mais estéticos que realmente necessários. Deve ser evitado deixar objetos soltos dentro do berço (como almofadas e pelúcias) pelo risco de sufocamento. Se forem ser utilizadas, as almofadas de proteção do kit devem estar bem presas nas grades. Atualmente há a opção da rede, que pode ser retirada para lavagem e evita que o bebê prenda as mãos e pés nas grades sem o risco de sufocamento.

Comprar em: Mercado Livre e Tricae

Comentando o Enxoval: Para o Guarda-roupa

bebes

Muitos sites publicam listas de enxoval pra nos guiarmos nas compras de tudo o que é necessário para nosso bebê. Parece muito simples, mas elas diferem umas das outras e quem pesquisa em vários lugares, como eu, acaba ficando sempre com dúvida. Será que isso é mesmo necessário? Mas tantos? O que é isso? Conjunto de pagão? Culote? Mijão??? Cueiro? Fralda de boca? De ombro?!

Quando preparar

Na prática nós costumamos ir comprando os itens aos poucos, conforme a oportunidade vai aparecendo. Em minha opinião, não vale comprar a lista toda do enxoval logo no início porque o bebê vai ganhando muitas coisas ao longo da gestação – e continua ganhando mesmo após o nascimento. Uma boa dica é não deixar grandes pendências pra as últimas semanas porque cansaço e indisposição são bem maiores.

O que preparar

Roupas variadas, de preferência de algodão, de acordo com a estação do ano, evitando bordados ou materiais por dentro da roupa que possam irritar a pele. As mais finas e maleáveis são melhores de vestir – malha é uma ótima opção – porque bebês não costumam gostar de trocar de roupa. As marcas importadas saem anos luz à frente…

Não estoque muitas com tamanho de recém-nascido, principalmente se seu bebê for grande. Meu primeiro filho, Felipe, que nasceu com 2,8Kg, usou tamanho RN (recém-nascido) apenas no primeiro mês. Alguns bebês maiores já nascem usando P. Minha segunda filha, Livia, nasceu antes da hora, com menos de 2Kg e tive que sair pra comprar roupa própria para prematuros depois da alta do hospital. Só chegou no tamanho RN depois de um mês.
Segue abaixo o resultado da mistura de algumas listas de enxoval de bebê que encontrei. Nessa lista comento item a item, inclusive o que acho completamente desnecessário.

Conjunto de Pagão: camiseta aberta atrás que fecha com botão ou fita + calça (também chamada mijão ou culote) + casaquinho que fecha na frente com um botão ou fita. Nada prático, hoje em dia é totalmente substituído pelos macacões e bodies.

Camisetas: não recomendo muito porque elas ficam subindo. O bodie é melhor, tendo como única desvantagem molhar quando o xixi vaza da fralda (obriga a trocar a roupa toda).

5-6 Bodies e/ou macacões de manga comprida: muita práticos. Macacões = com perninhas.

5-6 Bodies e/ou macacões de manga curta: usa-se mais quantidade ainda no verão.

4-5 macacões de sol: sem manga, pra pegar sol.

2-4 Conjuntos de inverno (lã ou linha ou plush): mais quantidade se for inverno.

2 Casaquinhos: sempre serão necessários porque bebês sentem muito frio.

2 Toucas e luvas: usa-se até no verão, quando no ar condicionado.

4 Pares de sapatinhos: preferir os mais maleáveis.

3-6 Pares de meias: mais no inverno.

3-6 Babadores: podem servir para conter as babas e golfadas sem sujar a roupa toda.

2-4 Mantas grossas: maior quantidade no inverno, de preferência de tecido sintético, com textura mais macia e menor risco de provocar alergia respiratória que a lã.

2 Mantas de algodão: bom pra quando está menos frio.

6-12 Cueiros: pano flanelado ou de malha que tem mil e uma utilidades. Serve pra cobrir o bebê no berço, no carrinho, forrar o carrinho do bebê, a cama, o sofá, o trocador (se está frio), etc.

Como preparar

Retire as etiquetas com tesoura pra não irritar a pele. Cuidado, aliás, com o que dizem as etiquetas. Algumas roupas P são do tamanho das M de outras lojas, algumas G são pequenas… e assim por diante… Corre-se o risco de, quando colocar em uso as roupas de um tamanho, descobrir que várias já não servem mais. Eu achei legal medir as roupas antes e as separar por tamanho pra facilitar.

Quanto à lavagem, pode-se usar sabão de coco em barra ou líquido, ou sabão líquido neutro próprio para bebês. O sabão em pó deixa resíduo na roupa, o que não é bom pro recém-nascido, devendo ser usado apenas em bebês maiores.

Deve-se evitar usar amaciante, que também é alergênico.

No meu caso, usei sabão líquido e lavei todas as roupinhas em máquina de lavar. Usei a marca Ola Bebê. O cheirinho é ótimo ! Se for usá-lo tome o cuidado de seguir as instruções e adicioná-lo apenas com a máquina cheia de água porque ele pode manchar.

sabão para roupa
Comprar em: Extra Delivery

Faça a primeira lavagem das roupas com cuidado porque algumas soltam tinta – sobretudo as vermelhas. Após lavar é só passar e deixar guardadinho até próximo à data do parto. Algumas pessoas colocam em sacos plásticos, mas eu não achei necessário.

Teve uma experiência diferente ? Conta pra gente como foi !