Atividades infantis – sugestões para a primavera

criancas

A primavera chegou.

Procurando atividades pra fazer com as crianças em casa, especialmente hoje, um dia de chuva, encontrei várias idéias legais no Pinterest. Tudo aproveitando a chegada da primavera…

atividades-primavera

Quadros

Para os bebês, encontrei um quadro sensorial feito com vários objetos de texturas diferentes. Podem ser usados tecidos, tampinhas, esponja, papel laminado… Coloridos, colados em uma tela para o bebê poder tocar a vontade.fullsizerender-7

Botões coloridos se transformam em uma linda árvore quando colados em um papel ou tela… Materiais como miçangas e paetês são alternativas… Ou mesmo papel seda amassado em bolinhas.

fullsizerender-6

Caixa Sensorial

Para crianças um pouquinho maiores,  pode ser feita uma caixa sensorial montessoriana (como descrito no post 40 Atividades montessorianas) com vasinho, flores de plástico e areia. Pode ser usada também areia de aquário, de gato, ou quaisquer grãos.fullsizerender-13

Tinta

Sujando um pouquinho mais a casa, pode ser feito um dia de pintura com as mãos. Tenho um livro chamado “Desenhando com os Dedos” com várias idéias de figuras… Só a capa já é uma graça.

tinta

desenhando-com-os-dedos
Livro

Os maiores vão gostar de brincar de contar as bolinhas da centopéia, as pétalas das flores e as pintas da joaninha. Faça download para imprimir as folhas aqui. fullsizerenderr

Quebra-cabeça

Outra idéia é confeccionar quebra-cabeças com palitos pintados com figuras simples. Podem ser frutas, animais e flores.

fullsizerender

Colagem

Com papel, palitos, forminhas de doces, ou mesmo flores naturais, areia, sementes…

colagem

Colares

Podem ser feitos com flores de papel e macarrão. Esse de centopéia ficou uma graça. Pode se transformar também em uma coroa de flores…

fullsizerender-10

Rolos de papel higiênico

Podem ter mil utilidades:

rolo

 

Plantas

Plantar sementes de alpiste, girassol ou feijão, bem à moda antiga, tem tudo a ver com a primavera.

img_4345

Os maiores vão gostar de deixar flores brancas em tonalidades coloridas deixando-as absorver água com anilina. Qualquer flor pode ser usada, mas as melhores são as margaridas, rosas e crisântemos. A anilina pode ser a comum, em pó, dissolvida em água.

flor

 

Como fazer um chalkboard no PicsArt

festas

Chalkboard é aquele quadro negro decorativo cada vez mais presente nas festas infantis, na forma de porta-retratos e convites. Pode preto e branco ou colorido.  E pode ser usado na decoração da casa também.

Ele normalmente é feito usando programas como o Photoshop. Mas além dos programas mais complexos, existe um aplicativo para celular que possibilita a criação rápida de um chalkboard, sem a necessidade de qualquer conhecimento prévio. É o PicsArt, disponível para Android e Iphone. Ele de vez em quando sofre atualizações, mas a última versão tem o ícone abaixo.

Depois de pronto, o arquivo pode ser impresso (com melhor qualidade em uma gráfica, em papel comum) e emoldurado. Eu acho legal usar um porta retrato, retirar o vidro e colar no fundo com cola bastão. Mas pode ser emoldurado em lojas de quadros também.

OBS: pode ser mais fácil inserir a imagem em um arquivo do word para poder ajustar as medidas em centímetros antes de imprimir.

Passo-a-passo
  • Salve no seu celular a imagem do fundo que deseja usar, você pode usar os modelos disponíveis no final do post
  • Baixe o aplicativo
  • Clique no sinal “+” e aguarde as opções aparecerem
  • Escolha o fundo

  • Clique no ícone de texto e escolha a fonte
  • Arraste a barra para visualizar as opções
  • Há algumas boas opções que imitam giz

  • Pode ser usado branco ou escolhida uma cor
  • A opção degradê faz um efeito como o abaixo
  • Arraste pra onde quiser e, depois de finalizar, clique em ‘aplicar’
  • Insira quantos textos quiser clicando no ícone de texto
  • Insira imagens disponíveis no aplicativo clicando em ‘adesivo’

  • Pode ser modificada a opacidade da imagem (75-85%) para ficar mais de acordo com o quadro

  • Podem ser inseridas outras imagens vetoriais (sem fundo, como se tivessem sido recortadas)
  • Imagens podem ser adquiridas na internet: alguns links estão disponíveis no Pinterest do blog e algumas outras estão no fim dessa página (é também possível buscar no Google como vector ou icon ou em páginas como KissPNGSeaIcon).
  • Salve o vetor na biblioteca do celular e para adicionar
  • Clique em adicionar foto
  • Escolha o vetor e clique em adicionar
  • Modifique a vontade e clique em ‘Aplicar’

  • Clicando em ‘descubra’ é possível buscar imagens gratuitas na rede do próprio aplicativo

  • Após finalizar o Chalkboard, clique na seta do canto superior direito e siga os passos para salvar

Exemplos de chalkboard
Fundos
Modelos prontos e vetores

Encontre em novo post modelos prontos para você completar e também vetores para confeccionar seu chalkboard.

 

Escolhendo as roupas do bebê de acordo com o clima

bebes

Recém-nascidos não têm controle adequado de sua temperatura corporal e não é raro pediatras atenderem bebês com febre simplesmente porque estavam com roupas demais para o nosso clima quente, cheios de mantas, luvas e gorros…

Quando meus filhos eram pequenos não tive acesso a essas tabelas que ajudam a escolher a roupa pro bebê de acordo com o clima e temperatura. Sinto muito frio e nada de calor, então eu costumava exagerar um pouco. Ela teria sido muito útil na época. Em geral eu tinha que confiar no bom senso do meu marido…  Já vi algumas versões de tabelas e vou deixar aqui a minha.

Mas primeiro preciso explicar o que é Tog.

Tog

Tog é um índice que mede a resistência térmica, usado com frequência nas referências e etiquetas de roupas, mantas e cobertores de alguns países frios. Quanto maior o índice, mais a roupa aquece.

Mesmo que a gente não use esse conceito aqui, aqui interessante mostrar porque fica bem claro que não apenas a quantidade e tamanho da roupa importam, mas também a espessura do tecido é muito importante.

  • Body de algodão, macacão e pijama fino: 0,5-1 Togs
  • Body, macacão, pijama mais grosso: 1-2 Togs
  • Fleece, flanela, moletom: 2,5-3,5 Togs
  • Roupas térmicas podem chegar a muitos Togs mais.

Você pode simplesmente usar o bom senso. Mas se quiser dar uma boa olhada na tabela, vai perceber que em geral exageramos nas roupas do bebê.

Tabela de roupas

roupa-do-bebe

OBS: a barra significa “ou”. Exemplo: Entre 18 e 21ºC podemos usar um body de mangas curtas ou mangas compridas de tecido grosso tipo flanela/fleece ou também podemos usar body de mangas compridas e calças compridas (ou macacão) de algodão. Meias são indicadas em geral a partir de 18ºC e luvas e gorros a partir de 15-16ºC.

Dica: Pele rendilhada (livedo) indica frio e ajuda a perceber que é hora de aquecer.

image2
Livedo pelo frio

Rotação de brinquedos

bebes

Como temos brinquedos na nossa casa! Primeiro filho ganha muita coisa e ficamos com um mar de brinquedos no chão depois do primeiro aniversário. Com o tempo só vai aumentando… com dois filhos, então, é brinquedo que não acaba mais.

Crianças ficam entediadas quando brincam muito tempo com os mesmos brinquedos, sobretudo bebês. Aqui em casa adotamos a rotação de brinquedos quando meus filhos eram bem pequeninos.

Separamos alguns organizadores dentro do armário com seleções de brinquedos, deixando apenas um no chão do quarto, revezando de tempos em tempos. Tinha vezes que no dia da rotação os pequenos olhavam pro cesto como se tivessem ganhado presentes, como se tudo fosse novidade. Agora que estão crescidos e organizam seus próprios brinquedos, pegam o que querem e fica mais difícil adaptar a técnica. Mas para bebês, acho imbatível.

Benefícios da rotação de brinquedos:

  • menos brinquedos espalhados pela casa, mais fácil de limpar;
  • evita estímulos em excesso;
  • evita que fique entediado com os mesmo brinquedos;
  • excitação com a novidade.

Como fazer:

  • espalhe: coloque todos os brinquedos na cama, em um tapete ou no chão.
  • divida em categorias: escolha poucas, não precisa ser muito exigente (ex: brinquedos de construção, faz de conta, pelúcias, sensoriais…). Você pode separar também aqueles de são para uso exclusivo na piscina, praia, no verão… Você pode incluir os livros nessas categorias ou não (eu gostava de tê-los todos à disposição, mas agora que tenho muitos estou pensando que eles merecem uma rotação a parte). Alguns preferidos podem ficar de fora da rotação também.
  • compare as categorias: separe aqueles em excesso, os quebrados e os que a criança não gosta mais para doação.
  • redistribua em grupos: coloque um ou alguns de cada categoria em cestos ou caixas organizadoras. Se precisar de sugestões, há um post com várias idéias aqui.
  • faça a rotação: decida quantos cestos você vai usar e de quanto em quanto tempo fará a rotação. Exemplo: 3-4 cestos com rotação semanal. Rotações mais frequentes demandam maior número de cestos. Separe o cesto da vez e guarde os outros no armário. A troca pode ser feita à noite, depois da criança dormir. Você pode também fazer a rotação sem estipular um prazo, quando perceber a criança mais entediada (acho o ideal).
www.mommasociety.com
www.mommasociety.com

Guia de cuidados com o bebê recém-nascido

bebes

Segue guia resumido de cuidados iniciais com o bebê recém-nascido. Cada item é discutido individualmente no post próprio do tema.

Guia

cuidados-com-o-bebe

Links

Troca de fraldas

Banho de sol

Banho passo-a-passo

Sonecas e sono noturno

Amamentação

Leite materno: como conservar, armazenar e congelar 

Bebês que dormem no peito e agitados

Mamadeira: qual, como e até quando usar 

Chupeta: introdução e retirada

Estimulando o bebê

Picos de crescimento e saltos de desenvolvimento

Dentes: nascimento e cuidados

bebes

Quais os verdadeiros sintomas do nascimento dos dentes? Quando devem nascer? Qual a melhor pasta de dentes?

O período de nascimento dos dentes pode variar bastante e essa figura didática ajuda a entender. Deixei uma faixa mais larga com o período em que deve ocorrer o nascimento dos dentes e entre parênteses e a idade média de aparecimento.

dentes

dente-nascendo

Até os 3 anos de idade a criança já deve ter todos os 20 dentes de leite. Por volta dos 5-6 anos deverá começar a trocar pelos dentes permanentes.

Meus dois filhotes ganharam o primeiro dentinho com uns 8 meses. Lembro que em vários momentos eu percebia uma maior salivação e irritabilidade após os 6 meses e achava que era dente nascendo. Sempre ficava aquela impressão de que estavam levando tudo na boca e babando muito porque o dente ia nascer. Mas passavam os dias e nada.

Esses sintomas são realmente de nascimento dos dentes, mas não são exclusividade desse momento.

Sintomas de nascimento dos dentes (duração de 3-5 dias):

  • irritação gengival (“coceira”)
  • irritabilidade
  • salivação maior
  • falta de apetite
  • sono agitado

Questionáveis:

  • febre baixa (abaixo de 38°C)
  • diarréia

Esses sintomas questionáveis são frequentemente associados ao nascimento dos dentes sem qualquer comprovação científica. Mais provável tratar-se de alguma virose associada. Fonte: Meta-Análise da revista Pediatrics, de fevereiro de 2016.

Como melhorar o desconforto :

  • mordedores gelados
  • alimentos como cenoura gelada
  • massagear a gengiva com uma gaze ou fralda
  • analgésico oral
  • distração

Tive dificuldade de achar um mordedor que agradasse meus pequenos. Os com gel que vão à geladeira foram melhor aceitos. Mas eles preferiam mesmo a colher de silicone

Recentemente ouvi falar no picolé de leite materno e achei a idéia genial… Simples e eficaz. Mas se seu bebê já está na fase da papinha, pode fazer um picolé de frutas também (sem açúcar, claro). Podem ser usadas forminhas de picolé ou simplesmente uma chupeta na tampa de uma mamadeira ou copinho, como na foto abaixo.

picolé de leite materno

Já me falaram também de Matricaria Chamomilla, mas não tive a oportunidade de testar. Trata-se de um pó fitoterápico a base de camomila que pode ser diluído e aplicado diretamente nas gengivas, a cada 2 horas.

matricaria
Comprar em: Drogarias Pacheco

Questionável:

  • pomada anestésica a base de lidocaína: efeito curto, efeitos adversos impedem uso muito frequente

Como cuidar dos dentes :

Recém-nascido

A higiene bucal começa bem antes dos dentinhos nascerem, logo ao nascer.

Principalmente quando se uso de leite artificial ou outros alimentos, é recomendável passar gaze úmida nas gengivas, bochechas e língua pra retirar os resíduos pelo menos 1-2x/dia.

Após o nascimento do primeiro dente

Após o nascimento do primeiro dente, deve-se começar escovação com escova para bebês, extra macia, usando pasta com flúor infantil. Veja quadro de pastas de dente para fazer a escolha certa. O correto é usar pasta com mais de 1000ppm de flúor desde o nascimento para prevenir corretamente o surgimento de cáries e doenças periodontais. A quantidade é de um grão de arroz (0,1g) para bebês e crianças que não sabem cuspir e um grão de ervilha (0,3g) para as que já sabem cuspir (em geral após os 3 anos). Maiores quantidades podem desgastar o esmalte dentário e levar a fluorose (surgimento de manchas brancas nos dentes).
tt-pasta-d-edentes

Como estimular

No início pode ser difícil. Em geral as crianças não gostam das escovas logo de cara. Muito menos da pasta com flúor. Com o mais velho eu tinha que usar vários artifícios pra conseguir limpar os dentes e fazia isso super rápido senão era o maior chororô. Televisão ligada, galinha pitadinha, mil histórias, procurar passarinho no céu, valia de tudo.

Esse vídeo do Doki que explica às crianças sobre a escovação me ajudava muito nessas horas: veja no Youtube.

Desde cedo a criança deve ser estimulada a aprender a escovação. É importante elas conhecerem o “bichinho” dos dentes e a importância de deixá-los limpinhos. Levar para escolher a escova e a pasta ajuda. Aqui em casa eu escovo primeiro e depois dou a escova na mão das crianças pedindo pra elas fazerem de novo, se olhando no espelho. Mas nada impede que a ordem seja inversa.

Ensinar a usar o fio dental desde cedo também é importante, sobretudo se os dentes forem nascendo muito juntinhos uns dos outros.

Após o nascimento do primeiro dente, ou antes de um ano de vida, a criança deve visitar preventivamente o odontopediatra.

A partir de 6 anos, a criança já pode escovar os dentes sozinha.

 

escolhendo-pasta-de-dente

Crianças francesas não fazem manha

criancas

Quando li o livro “Crianças francesas não fazem manha”, pensei: “devia ter lido na gravidez” e começado isso antes. Crianças francesas têm limites claros desde que nascem. Francesas não atendem o bebê no primeiro gemido que dão e isso é normal por lá. Como é por aqui “socorrer” o bebê ao menor sinal de desconforto sem dar a chance dele descobrir que pode se acalmar sozinho.

Não estou aqui dizendo que é bacana deixa bebês chorando sem o conforto dos pais. Recém-nascidos choram por não saberem demonstrar sua insatisfação ou dor de outra forma. O post O choro: entendendo e acalmando o bebê fala sobre isso. Recém-nascidos crescem… Falo aqui da nossa cultura de fazer tudo pelo filho sem estimular sua autonomia desde bem cedo. Colo é tudo de bom – dei muito e não me arrependo. Mas o bebê vai crescendo e pode ir entendendo o mundo sem que nós deixemos espaço pra ele amadurecer. Nossos filhos não são o centro da família. O cerne de uma família são os pais e é isso que as francesas sabem fazer melhor do que nós. E nesse nós me incluo.

A autora, americana, comenta uma experiência no parquinho que me marcou. Ela observava as francesas super relaxadas enquanto seus filhos brincavam, conversando umas com as outras (sobre assuntos que não giravam em torno dos cuidados com filhos). Por fim percebeu que seu comportamento era o comportamento instintivamente super protetor de uma mãe americana. E que acho muito parecido com o jeito de nós brasileiras. Ela ficava em cima da filha incentivando com elogios enquanto ela brincava (“muito bem”, “você esteve ótima”, “é isso aí”), corria pra cima na primeira queda mesmo que sem o menor sinal de choro, interferia nas brigas entre crianças, tomando partido… muito diferente das francesas.

Há várias outras coisas bacanas nesse livro. Fala de boas maneiras (como aprender a falar bom dia praticamente antes de falar mamãe ou papai), de fazer refeições à mesa com os adultos, de respeitar a hora de falar. Diferenças culturais a parte – porque valorizo muito nosso jeito amoroso e de saber ouvir a criança – o livro vale muito a leitura.

imagem-aspx
Comprar em: Saraiva

Enxoval – lista de compras para impressão

bebes

Lista de compras do enxoval para impressão:

 

Posts relacionados

Enxoval – para os cuidados com a mamãe e o bebê

Enxoval – para os passeios

Enxoval – para o banho e preventivos

Enxoval – para o quarto e berço

Enxoval – para o guarda-roupa

Comentando o Enxoval: Para o Banho e Preventivos

bebes

Na sequência de posts sobre o enxoval do bebê, segue lista comentada sobre os itens para o banho e preventivos.enxoval-banho

Banho

  • PREVENÇÃO DE ASSADURAS: Desitin, Bepantol, Dermodex, Hipoglos ou as preferidas Cetrilan e Mustela (os cremes que deixam a pele branca depois da aplicação fazem uma proteção extra, a barreira mecânica que minimiza o contato da urina e fezes com a pele – veja post de Troca de Fraldas)
  • FITA ADESIVA: para o caso da fralda abrir e perder a cola
  • COTONETE: para a limpeza do coto umbilical e da orelha – apenas externamente
  • 3-5 TOALHAS: compre faldadas porque bebês podem machucar a pele em contato direto com a toalha áspera – pode ou não ter capuz
  • TOALHAS-FRALDAS: fraldas grandes que servem para ser colocadas entre a toalha áspera e o bebê – desnecessário se você comprar toalhas já fraldadas
  • PENTE/ESCOVA: as ideais no início são aquelas escovas molinhas
  • TESOURINHA ROMBA OU CORTADOR DE UNHA PARA BEBÊS: bebês não costumam gostar muito de cortar unhas e se mexem muito durante o processo (o cortador pode ser mais rápido que a tesourinha, mas tem maior risco de ferir os dedinhos, mesmo aqueles que vêm com uma lupa)
  • ÁLCOOL 70%: para a limpeza do coto umbilical na 1a-2a semana
  • LENÇOS UMEDECIDOS: pra a higiene do bebê fora de casa – no uso diário causam assadura (atualmente a substância conservante metalizotiazolinona tem sido implicada nas reações alérgicas e dermatites do bebê que usa lenço rotineiramente)
  • SABONETE: neutro, de preferência líquido
  • XAMPU: opcional no início
  • LIXEIRA COM PEDAL: pra dispensar as fraldas e algodões sujos
  • PORTA ROUPAS SUJAS
  • ORGANIZADORES: 1 cesta para colocar as miudezas de troca e 2 potes com tampa (para o algodão e o cotonete)
  • BANHEIRA: a de plástico pode ter pé ou ser ser apoiada na pia (ou no chão do box comm o passar do tempo) – mas há também aquelas dobráveis, de material mais molinho, cuja tampa vira trocador (não cabem em banheiros pequenos – cuidado porque o banho faz a maior sujeira ao redor)
  • REDE/ANTIDERRAPANTE PARA BANHEIRA: para evitar que o bebê escorregue durante o banho – pode ser espuma anti-derrapante, ou rede de proteção (encaixa na banheira de plástico) ou almofada para banho Baby Pil – veja abaixo
Rede de Proteção - Encontrada em : Mercado Livre
Rede de Proteção – Comprar em: Mercado Livre
Espuma Anti-derrapante - Encontrada em : Mercado Livre
Espuma Anti-derrapante – Comprar em: Mercado Livre
Almofada Baby Pil - Encontrada em : Tricae e Baby Pil
Baby Pil – Comprar em: Tricae e Baby Pil

Preventivos

  • BOLSA TÉRMICA: bolsa de água quente (pequena) ou bolsa térmica  instantânea  (tipo Termoclick ou Thermosensi – basta apertar  uma  “moeda” no interior da bolsa e ela esquenta em segundos) são muito úteis com as cólicas da madrugada
Termoclick
Termoclick

O Termoclick está frequentemente em falta, não tenho encontrado na internet. Veja equivalente abaixo.

16906-mlb20130195221_072014-o
Thermosensi – Comprar em: Mercado Livre
  • TERMÔMETRO:

(1) o axilar  digital pode  ser muito difícil usar no início, mas é o que mais usamos depois que as crianças crescem.

(2) a chupeta-termômetro é funcional mas leva 90 segundos pra dar o  resultado.

Chupeta Termômetro
Chupeta Termômetro

(3) o  termômetro  infravermelho  auricular  mede  a temperatura em 1 a 2 segundos

Termômetro auricular
Termômetro infravermelho auricular

Mas há que se ter cuidado com a posição e pode ser necessário tracionar a orelha para trás para uma  medida  correta.

(4) o  termômetro  infravermelho para testa mede  em  1 a 2 segundos

termmetro-clnico-infravermelho-sem-contato-incoterm-20653
Termômetro infravermelho para testa

Serve  para  alimento  e  banheira também,  mas  tem  a  eficácia  constantemente  questionada.

Embora  a  eficácia  dos  termômetros infravermelhos (auricular e testa) venha sendo constantemente questionada, a tendência dos estudos atuais é favorável, pelo menos ao auricular

Leia um estudo sobre a eficácia do Termômetro Infravermelho no Pubmed.

  • ASPIRADOR NASAL NOSE FRIDA:  pra  quando o bebê ficar encatarrado. Imagine  um  bebê  que acorda  normalmente  de 3/3horas tentando dormir com nariz entupido e você vai entender a importância desse aspirador. Ele é  simples e muito funcional –  veja foto abaixo.
NoseFrida à venda em farmácias e também no site do Walmart e DrogaRaiaVídeo com instruções para o uso no Youtube
NoseFrida

Nosefrida está à venda em farmácias e também no site do Walmart e DrogaRaia. Vídeo com instruções para o uso no Youtube.

Como lidar com a birra

criancas

Meu filho começou a fazer birra pra valer com 1 ano e meio mais ou menos. Minha filha mais nova com 2 e meio. Li em muitos lugares que era a fase da birra. O terrible twosDe um lado nós, pais, querendo colocar ordem na casa, de outro nossos filhos querendo impor suas vontades. E sem saber expressar suas frustrações, as crianças se reagem com choro e raiva.

Então, li recentemente um artigo que me fez pensar. Por que rotular tão negativamente nossos filhos ? Por que fase da birra e não das descobertas ? Fase do amadurecimento, fase de se mostrar pro mundo, de descobrir a individualidade, de aprender a ter autonomia. Que dá muito trabalho, demanda muito dos pais, que precisam ter limites firmes e muitas doses de paciência. Mas o resultado é maravilhoso. Posso ver isso no desabrochar do meu filho mais velho e vale todo o esforço. Faz tempo que a fase da birra pra ele passou e já quase não lembro de como foi complicado passar por ela. Agora parece mais fácil não chamar de terrible twos.

Estratégias antigas

Minha estratégia com meu filho antigamente era o do cantinho do pensamento. Meio “super nanny”, que coloca a criança num cantinho “n” minutos e depois volta pra conversar e receber as desculpas (sendo que “n” é a idade da criança). Não tive uma boa experiência. Foi uma fase difícil, com várias cenas de caos. Filho se jogando no chão, batendo, chorando muito… E a técnica apesar de funcionar em alguns momentos, em outros aumentou muito a irritabilidade. Usamos um quadro de incentivo também – adaptado à nossa rotina, que eu e minha mãe fizemos. Tinha uma coluna com os combinados a serem cumpridos e estrelinhas que ele ia ganhando conforme atingia os objetivos. No início da semana ele escolhia um programa pro fim de semana seguinte e se ganhasse um mínimo de estrelinhas ele conquistava o “prêmio”. Mas só funcionou bem no início, depois ele foi ficando entediado com o quadro.

Com a minha filha mais nova aprendi a estratégia da escola, que já usava com o mais velho nessa época. Não cumpriu o combinado, perde o direito. Anuncio, por exemplo, que pra conquistar o direito de ver televisão depois da refeição precisa se sentar à mesa e se comportar. A idéia é tirar o peso da palavra castigo e mostrar que só se tem a perder não seguindo os combinados.

Estratégia atual

Minha estratégia atual tem funcionado melhor e raramente preciso “retirar o direito” de alguém. A primeira coisa que faço é lembrar os combinados e manter o “não” – dou um aviso, sem negociação. A segunda é tentar mudar um pouco foco naquele momento, chamando atenção pra outra coisa ou mudando de ambiente. Às vezes mudo de assunto e começo a contar histórias de quando eu era criança – histórias da nossa infância fazem o maior sucesso, ainda mais se forem engraçadas. Se meus filhos tentam voltar ao assunto, costumo dizer : “vamos conversar sobre isso quando você se acalmar”. Somente depois que o choro e a raiva passam, vem a terceira. Que é abaixar na altura da criança e explicar que entende que ela tenha ficado chateada, que é normal sentir raiva, mas temos que fazer o que achamos certo pra ela. Sem muito papo…

como-lidar-com-a-birra
Esse texto português muito bem escrito resume uma estratégia pra lidar com as birras:

Fonte : Oficina de Psicologia
Fonte: Oficina de Psicologia

Se você já tentou de tudo e nada parece funcionar, vou dividir com você meu mantra de mãe: paciência e persistência são a alma do negócio.

Hoje em dia, quando passo por dificuldades com meus filhos, costumo recorrer a sites como Psicologia do Brasil e seu grupo no facebook Espaço Psi. Traz muitas dicas para lidar com as crianças. Recentemente li uma entrevista com o pediatra Daniel Becker que achei sensacional. Ele fala de como atualmente estamos “superprotegendo” nossos filhos, evitando dizer “não” para que não fiquem frustrados.

frase

E se você descobriu uma forma diferente de lidar com a birra – divida sua experiência aqui, ela será super bem vinda.

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.